segunda-feira, 7 de junho de 2010

Marconi: facilidade com novas mídias!

PORTAL MARCONI SENADOR
5/6/2010

Leonardo Vilela debate eleições em videochat e elogia iniciativa

Em videochat realizado nesta sexta-feira (4) com internautas, o deputado Leonardo Vilela criticou ontem a postura do ex-prefeito Iris Rezende (PMDB) com relação às novas mídias e disse que as propostas do peemedebista têm "pelo menos uns 100 anos de atraso". Presidente regional do PSDB, ele foi o terceiro convidado na série de videochats realizados pelo portal de internet do senador Marconi Perillo (marconiperillo.net). Também falou sobre a organização do partido para as eleições e comentou o conflito entre a sigla e o governo Alcides Rodrigues (PP).

Leonardo ficou à disposição dos internautas por cerca de uma hora no final da manhã de ontem. Apesar do feriado na quinta-feira, os operadores do site divulgaram que foi a maior audiência registrada até agora nos chats iniciados há pouco mais de uma semana. Diante de uma webcam, o tucano respondeu ao vivo a dezenas de perguntas dos internautas. A maioria queria saber a opinião acerca do embate eleitoral que se aproxima e como o PSDB tem se preparado para enfrentar seus adversários.

Ele elogiou a iniciativa do bate-papo pela internet, comentando que a ideia só poderia partir do senador Marconi, "um político antenado aos novos tempos". Leonardo afirmou que esse pioneirismo nas novas mídias também é compartilhado pela executiva do partido. Lembrou que aconteceu em sua gestão o lançamento do site oficial (www.psdb-go.org.br) e foram desencadeadas ações voltadas a web. "Nosso site é o único em Goiás com uma área aberta à participação do público exclusivamente para receber sugestões ao plano de governo que vamos apresentar nas eleições deste ano", disse o deputado.

Ainda comentando sobre internet, Leonardo indagou aos participantes do chat se seria possível imaginar o ex-prefeito Iris se envolvendo de forma verdadeira com essas novas tecnologias. "Iris não tem nada a ver com a modernidade e ele mesmo faz questão de deixar isso claro ao ignorar completamente o público que, hoje, usa a internet como principal meio para se informar e se relacionar", disse ele, completando: "Não só a postura do ex-prefeito é arcaica, como suas propostas administrativas têm pelo menos uns 100 anos de atraso. É agenda política do século 19, que não leva em conta a globalização do mundo."

Nenhum comentário:

Postar um comentário